história

De um nome nasce um conceito, de um conceito nascem produtos, de produtos nascem soluções e da falca (tecido misto de cortiça virgem, entrecasco e lenho) nasceu a Sofalca, uma empresa 95% auto sustentável, pioneira e dedicada à criação de soluções naturais e ecológicas de forma a facilitar o dia-a-dia dos seus clientes.

Inovamos constantemente, trabalhamos por um futuro promissor.





1936

Data que remonta ao primeiro alvará da actividade corticeira fundada por Ernesto Lourenço Estrada, em Abrantes, avô dos actuais proprietários. Foi o início do seu percurso na área da cortiça.



1966

É neste ano que nasce a Sofalca – Sociedade Central de Produtos de Cortiça, Lda., também na região de Abrantes, fazendo hoje parte do Grupo Estrada SGPS. A implantação da fábrica onde se situa foi uma decisão visionária por parte dos empresários responsáveis – um grupo de empresários do sector da cortiça, nomeadamente os três filhos de Ernesto Lourenço Estrada, Ernesto, João e Mário, entre outros empresários e de alguns lavradores - pois a localização da fábrica foi escolhida por estar junto ao montado de sobro, no meio da matéria-prima, o que acabou por economizar recursos no que diz respeito à recolha e transporte. Este também foi um ano de grandes inovações na industria dos aglomerados negros de cortiça expandida pois contrariamente ao habitual sistema de serragem de corte vertical a Sofalca introduziu o corte horizontal o que permitiu uma precisão cada vez maior, não necessitando de rectificações constantes.



1974

Nesta data a Sofalca voltou a mostrar a sua estratégia pioneira ao instalar a primeira caldeira de queima mista em Portugal, em Março, o que veio permitir uma poupança de recursos e os primeiros passos para a sustentabilidade. Esta caldeira proporcionou a substituição de um combustível, a nafta, por um então desperdício existente, o “pó de cortiça”, hoje em dia denominado biomassa, com o mesmo resultado ao nível da produção.

1975

Após a vontade da maioria dos empresários envolvidos (fabricantes de aglomerado negro de cortiça expandida) e da união dos seus esforços, nasceu a ISOCOR – Aglomerados de Cortiça ACE, que desde este ano começou a comercializar para todo o mundo, sendo a Sofalca a sua fornecedora. A ISOCOR procura desenvolver e comercializar junto dos seus mercados os produtos desenvolvidos pelas empresas que constituem o agrupamento, procurando constantemente a inovação e a criação de novas linhas de produtos.



1990

Com a escassez cada vez maior de matéria-prima, a Sofalca desenvolveu máquinas de extracção de cortiça de falca, ganhando desta forma uma maior certeza da obtenção da matéria-prima no futuro, dada a sua dificuldade de extracção.



Actualmente

A maioria dos produtos produzidos pela Sofalca estão direccionados para os mercados estrangeiros, pois são estes que privilegiam todas as características e vêem no aglomerado de cortiça vantagens como forma de isolamento e de carácter ecológico. França, Espanha, Bélgica, Áustria, Alemanha, Reino Unido, Itália, Japão e China são os principais mercados externos para onde são exportados os produtos fabricados pela Sofalca.